Segunda-feira, 26 de Maio de 2008
Só Visto 345 - Passou o dia com uma faca espetada nas costas

Os russos estão habituados a beber para se aquecerem no frio e esquecer o stress do trabalho. Desta vez, porém, um homem ficou tão insensível que não percebeu que tinha sido esfaqueado nas costas por um colega e passou quase um dia inteiro com a faca cravada nas costas, escreve o site brasileiro Globo. Os jornais Komsomolskaya Pravda e Gazeta publicaram o caso do electricista de uma fábrica da cidade de Vologda, a norte de Moscovo, que foi apunhalado pelo segurança da empresa durante uma discussão quando os dois já estavam bêbados. Yury Lyalin, de 53 anos, desmaiou na fábrica e quando acordou na manhã seguinte queria trabalhar. No entanto, foi mandado para casa pelos chefes devido ao seu estado alterado. Ninguém reparou na lâmina de 15 centímetros ainda cravada entre os seus ombros. Lyalin foi para casa e passou a paragem de autocarro onde tinha de sair, parou para comer, decidiu descansar um pouco e só foi alertado sobre a faca nas costas quando a esposa o acordou, horas mais tarde. «A faca entrou em tecidos moles e por pura sorte não atingiu nenhum órgão vital», disse Victor Belov, médico que o atendeu. «Nós bebemos juntos. Acontecem coisas quando se bebe», filosofou Lyalin. O colega de trabalho será processado por agressão.



publicado por Master Roshi às 10:49
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

19
20

22
24
27

29
30


posts recentes

Só Visto 469 - Falta de s...

Só Visto 468 - Grupo de a...

Só Visto 467 - E o prémio...

Só Visto 466 - Roubou qua...

Só Visto 465 - Têm de pro...

Só Visto 464 - Cobras fun...

Só Visto 463 - Número oit...

Só Visto 462 - Peixe de t...

Só Visto 461 - Tribunal r...

Só Visto 460 - Macaco «br...

arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds