Domingo, 1 de Junho de 2008
Só Visto 350 - Anunciar a própria morte por e-mail

«Estou morto». Se um dia receber um email de um amigo a anunciar a sua própria morte, não apague porque a notícia pode ser verdadeira. De acordo com o El País, estão a surgir diversas empresas que se dedicam a anunciar falecimentos através de correio electrónico. Por uma quota anual que varia entre 6 e 19 euros, cada pessoa pode deixar instruções escritas para quando tiver morrido. O fundador do site assetlock.net, Calvin Harris, lembra que o «futuro» defunto tem de deixar uma lista de destinatários: «Quando o cliente falece, a sua conta é desbloqueada pelos receptores e os emails que foram criados são enviados aos destinatários». Entre os dados deixados pelo defunto pode estar o nib de contas bancárias, passwords de emails, pedidos para o funeral ou mails pessoais a despedir-se individualmente.



publicado por Master Roshi às 20:18
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Rosa Lemos a 1 de Junho de 2008 às 20:33
uma boa ideia, só não da para programar o dia da morte por enquanto, mas pode vir a ser possivel


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

19
20

22
24
27

29
30


posts recentes

Só Visto 469 - Falta de s...

Só Visto 468 - Grupo de a...

Só Visto 467 - E o prémio...

Só Visto 466 - Roubou qua...

Só Visto 465 - Têm de pro...

Só Visto 464 - Cobras fun...

Só Visto 463 - Número oit...

Só Visto 462 - Peixe de t...

Só Visto 461 - Tribunal r...

Só Visto 460 - Macaco «br...

arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds