Domingo, 1 de Junho de 2008
Só Visto 350 - Anunciar a própria morte por e-mail

«Estou morto». Se um dia receber um email de um amigo a anunciar a sua própria morte, não apague porque a notícia pode ser verdadeira. De acordo com o El País, estão a surgir diversas empresas que se dedicam a anunciar falecimentos através de correio electrónico. Por uma quota anual que varia entre 6 e 19 euros, cada pessoa pode deixar instruções escritas para quando tiver morrido. O fundador do site assetlock.net, Calvin Harris, lembra que o «futuro» defunto tem de deixar uma lista de destinatários: «Quando o cliente falece, a sua conta é desbloqueada pelos receptores e os emails que foram criados são enviados aos destinatários». Entre os dados deixados pelo defunto pode estar o nib de contas bancárias, passwords de emails, pedidos para o funeral ou mails pessoais a despedir-se individualmente.



publicado por Master Roshi às 20:18
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Rosa Lemos a 1 de Junho de 2008 às 20:33
uma boa ideia, só não da para programar o dia da morte por enquanto, mas pode vir a ser possivel


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

19
20

22
24
27

29
30


posts recentes

Só Visto 469 - Falta de s...

Só Visto 468 - Grupo de a...

Só Visto 467 - E o prémio...

Só Visto 466 - Roubou qua...

Só Visto 465 - Têm de pro...

Só Visto 464 - Cobras fun...

Só Visto 463 - Número oit...

Só Visto 462 - Peixe de t...

Só Visto 461 - Tribunal r...

Só Visto 460 - Macaco «br...

arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

blogs SAPO
subscrever feeds