Domingo, 3 de Agosto de 2008
Só Visto 414 - Gato em prisão domiciliária

Um gato «feroz» chamado Lewis que amedrontou os vizinhos e meteu a sua dona em trabalhos com a Justiça norte-americana, há dois anos, deu-se tão bem quando esteve em prisão domiciliária que o caso foi encerrado, noticia a agência Lusa. Um juiz retirou na quinta-feira a queixa contra a dona do bicho, Ruth Cisero, concluindo que a mulher já cumpre uma pena especial. O gato encontra-se agora numa loja de animais e só é autorizado a sair numa gaiola para felinos. «Ao contrário da maioria de nós, Lewis aprendeu a viver com as suas limitações», afirmou Eugene Riccio, advogado de Ruth Cisero. O gato despertou a atenção em 2006, depois de uns vizinhos se terem queixado de que, durante as suas caminhadas furtivas, atacou pelo menos seis pessoas. A dona do felino optou por um julgamento em vez de abatê-lo. Hoje, Ruth Cisero cumpre uma pena de serviço comunitário. Se o seu gato escapasse, arriscava-se a seis meses de prisão e o bicho podia ser abatido.



publicado por Master Roshi às 15:38
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

19
20

22
24
27

29
30


posts recentes

Só Visto 469 - Falta de s...

Só Visto 468 - Grupo de a...

Só Visto 467 - E o prémio...

Só Visto 466 - Roubou qua...

Só Visto 465 - Têm de pro...

Só Visto 464 - Cobras fun...

Só Visto 463 - Número oit...

Só Visto 462 - Peixe de t...

Só Visto 461 - Tribunal r...

Só Visto 460 - Macaco «br...

arquivos

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

blogs SAPO
subscrever feeds